Ortodontia Infantil

ortodontia preventiva e interceptiva
Ortodontia Infantil

O tratamento ortodôntico infantil é conhecido como “ortodontia preventiva e interceptiva”, sendo realizado nas fases iniciais do desenvolvimento dentário.

A maioria dos problemas bucais aparecem logo nos primeiros anos de vida, por isso é muito importante que você leve seu filho para uma primeira avaliação com o ortodontista em torno dos cinco anos de idade. Ao realizar um tratamento precoce, é possível impedir a instalação ou o agravamento de problemas de encaixe dos dentes, simplificando e reduzindo o tempo de um tratamento futuro.

A infância é uma fase de importantes e constantes mudanças no crescimento e desenvolvimento dos dentes e face. O entendimento do que é normal para cada etapa é fundamental. Assim, atua-se de forma estratégica, visando prevenir ou corrigir alterações no desenvolvimento dentário e redirecionar o crescimento dos ossos da face.

Qual a melhor época para iniciar o tratamento ortodôntico?

Em certos casos de problemas dentários, o tratamento ortodôntico pode ser iniciado antes mesmo de todos os dentes permanentes terem nascido. O tratamento normalmente inicia após o nascimento dos quatro dentes incisivos superiores e inferiores e dos molares permanentes (entre 7 e 9 anos). O tratamento é recomendado quando algum dos problemas ilustrados abaixo é aparente:

Vantagens de iniciar o tratamento ortodôntico cedo

• Mover os dentes da frente para trás, de forma que eles serão menos suscetíveis à traumas;
• Melhorar a relação entre as arcadas superiores e inferiores, permitindo um crescimento e desenvolvimento normal;
• Aproveitar o crescimento da criança para maior sucesso do tratamento;
• Melhorar a aparência facial e consequentemente a auto estima;
• Pacientes têm uma boa cooperação com o tratamento nesta idade;
• Evitar e reduzir a possibilidade de futuros tratamentos quando os pacientes forem adultos.

Tempo e fases do tratamento ortodôntico

O tratamento ortodôntico pode ser concluído em uma única fase ou dividido em duas fases separadas por um período de controle entre elas. Os pacientes deverão ter consciência que o tempo de tratamento dependerá de vários fatores.

O Dr. Vicente Piccoli irá rever as opções de tratamento com você. Apresentará as vantagens e desvantagens de realizar seu tratamento em duas fases ou num único programa.

1- Primeira Fase

O tratamento normalmente leva 12 a 18 meses (entre 7 e 9 anos) e o aparelho usado varia de acordo com cada problema específico.

São alguns exemplos

• Aparelho ortopédico: aparelho removível usado para redirecionar o crescimento;
• Expansor palatal: usado para alargar o maxilar superior;
• Máscara facial: usado para mover a maxila superior ou os dentes para frente;
• Extraoral: usado para mover os molares superiores para trás;
• Braquetes: colocados nos dentes permanentes superiores e algumas vezes nos inferiores;
• Fase de Monitoramento.

O período durante a primeira e segunda fase o paciente terá de ser acompanhado pelo Dr. Vicente Piccoli a cada 6 meses.

2- Segunda Fase

Durante a primeira fase do tratamento o ortodontista não tem controle sobre os dentes permanentes que ainda não nasceram. Caso eles nasçam e os problemas ainda existam, será necessário um tratamento adicional.

O tratamento para pré-adolescentes entre 12 e 13 anos normalmente leva entre doze e vinte e quatro meses.

Marque sua consulta


aqui mesmo pelo site!

É fácil, rápido e confortável pra você.
Escolha agora o melhor dia e horário para o seu agendamento.

Marcar consulta
Cristovão Colombo, 2948/914
Higienópolis - Porto Alegre - RS

(51) 3276-5581

Spazio Sorriso - Odontologia, Saúde e Bem-Estar ©
Responsável Técnico:
Dra. Camila E. Magalhães CRO 16781 | EPAO - 2087
Site desenvolvido pela Multiforma

  • Cristovão Colombo, 2948/914